Materiais novos de Advento

O Luís Almeida, que colabora na revista Catequistas, envia-nos uma celebração para o Advento.

O Tarcízio envia-no um conjunto de cartazes para assinalar o Advento (disponíveis em pdf na zona de downloads).
Nos próximos dias irão aparecendo ainda mais ofertas.

Nasceu a Alegria

 

É natal, nasceu o nosso Deus. Este é o mistério mais difícil de compreender, como é possível um Deus que se faz homem? Exactamente por este motivo devemos celebrar esta criança que nasce. Esta celebração que ser um agradecimento e um louvor ao Deus que se faz pequenino para habitar não só no meio de nos mas também em nós.

 

(prepare-se na igreja ou numa sala uma estrada feita de seis velas apagadas que acaba numa manjedoura vazia.)

 

Canto – “Cristãos Alegria!”

(enquanto se canta o sacerdote ou o catequistas trazem em procissão o menino Jesus e colocam-no na manjedoura)

 

Guia – Nasceu uma Criança

L1 – “Javé vos dará um sinal: A jovem concebeu e dará à luz um filho, e chamá-lo-á Emanuel” (Is 7, 14)

L2 – Nasceu uma criança. A maravilha maior que há, uma nova vida, uma nova esperança, uma nova força. Cada criança que nasce é uma bênção de Deus ao mundo.

Todos – Aclama a Deus, Terra inteira, toca em honra do seu Nome, canta hinos à sua glória. É Ele que nos mantém vivos e renova a vida da terra. Bendito seja Deus que faz maravilhas” (Sl 66)

(acende-se a primeira vela)

 

Guia – Nasceu a simplicidade

L1 – “Enquanto estavam em Belém, completaram-se os dias para o parto e Maria deu à luz o seu filho primogénito. Ela enfaixou-O e colocou-O numa manjedoura, pois não havia lugar para eles na hospedaria.” (Lc 2, 6-7)

L2 – Esta criança que nasce é pobre, é simples. Nasce no meio de animais. Simples como deve ser cada homem. Com frio, mas rodeado de amor. Sem conforto, mas rodeado pela alegria do seu nascimento.

Todos  “Em Ti confiam os que conhecem o teu Nome, pois não abandonas os pobre que Te procuram, Javé. Os que nada têm são grandes diante de ti.”(Sl 9)

(acende-se a segunda vela)

 

Guia – Nasceu o Rei

L1 – “ Dirigiram-se a Herodes os magos do oriente e disseram:«Onde está o Rei dos judeus recém-nascido? Nós vimos a sua estrela no Oriente e viemos para Lhe prestar homenagem». (…) Quando entraram na casa, viram o Menino com Maria, sua Mãe. Ajoelharam-se diante d\’Ele e prestaram-lhe homenagem.” (Mt 2, 2-11)

L2 – Esta criança que nasce recebe visitas ilustres. Nesta pobreza a fé faz-nos ver que nasceu o rei que todos esperavam. Esta criança tranquila e meiga é o nosso rei. Um rei de paz, de amor e de perdão.

Todos – “Ó Senhor nosso Deus, como é grande o teu Nome em toda a Terra! Exaltaste a tua majestade acima do céu.” (Sl 8)

(acende-se a terceira vela)

 

Canto – Vem Senhor Jesus (1ª estrofe – cd Água viva – edições salesinas)

 

 

Guia – Nasceu o homem novo

L1 – “Quando os pais levaram o Menino Jesus, para cumprirem as prescrições da Lei a seu respeito, Simeão tomou o Menino nos braços e louvou a Deus, dizendo: «Eis que este Menino vai ser causa de queda e elevação de muitos em Israel. Ele será um sinal de contradição e de novidade.»” (Lc 2, 27-34)

L2   Um rei que nasce pobre é um Homem Novo. Um homem que já não se importa em ter poder ou em ser maior do que todos os outros. É o homem sempre criança que com o seu sorriso distribui simplicidade e tranquilidade.

Todos – “Exultem e alegrem-se contigo todos os que Te buscam. Os que amam a tua salvação repitam sempre: «Deus é grande e dá vida nova!»” (Sl 70)

(acende-se a quarta vela)

 

Guia  Nasceu o Deus eterno

L1 – “No sexto mês, o anjo Gabriel foi enviado por Deus a uma cidade da Galileia chamada Nazaré.  Foi a uma virgem, prometida em casamento a um homem chamado José, que era descendente de David. E o nome da virgem era Maria. O anjo entrou onde Ela estava, e disse: «Alegra-Te, cheia de graça! O Senhor está contigo! O Espírito Santo virá sobre Ti e o poder do Altíssimo Te cobrirá com a sua sombra. Por isso, darás a luz um filho e o Santo que vai nascer de Ti será chamado Filho de Deus.»”(Lc 2, 1-5)

L2 – Esta criança que nasce não é uma criança qualquer. “Nasce o que existe desde sempre”(Santo Agostinho). Que coisa fantástica o nosso Deus está no meio de nós. Vive, respira, ri e sofre como nós. O nosso Deus faz-se criança para nos dizer que nos quer crianças simples e alegres.

Todos – “Louvai a Deus no seu templo, louvai-O no seu poderoso firmamento! Louvai a Deus, pelas suas maravilhas, louvai-O pela sua imensa grandeza! Todo o ser que respira louve a Deus!” (Sl 150)

(acende-se a quinta vela)

 

 

Canto – Vem Senhor Jesus (2ª estrofe – cd Água viva – edições salesinas)

 

Guia – Nasceu a Alegria

L1 – “O anjo disse aos pastores: «Não tenhais medo! Eu anuncio-vos a Boa Notícia, que será uma grande alegria para todo o povo: hoje, na cidade de David, nasceu-vos um Salvador, que é o Messias, o Senhor. De repente, juntou-se ao anjo uma grande multidão de anjos. Cantavam louvores a Deus, dizendo: «Glória a Deus no mais alto dos céus e paz na terra aos homens por Ele amados».”

L2 – Esta criança é o nosso Deus e é a causa da nossa alegria. Que alegria maior podemos ter? O nosso Deus nasceu entre nós e traz a paz a todos os “homens de boa vontade”. Esta criança contagia-nos com o seu sorriso. A alegria veio a habitar no meio de nós.

Todos – “Muitos dizem: «Quem nos fará ver a felicidade?» Javé, levanta sobre nós a luz da tua face! Puseste em meu coração mais alegria do que quando para eles transbordam o trigo e o vinho. Em paz me deito e logo adormeço, porque só Tu, Javé, me fazes viver feliz e tranquilo.”(Sl 80)

(acende-se a sexta vela)

 

Guia – Também nós, com os anjos queremos louvar o Deus que nasce no meio de nos e cantar-lhe.

(enquanto se canta o gloria dá-se o menino a beijar)

 

Canto final – Louvemos o Senhor (cd n’Ele – Edições salesianas)

Partilhe

Facebook
WhatsApp

Mais recursos

Todas
Recursos 502
Oração 174
Músicas 0
Técnicas e Dinâmicas 31
Avaliar-me-catequista-crente
Avaliar-me como catequista e como crente!
Partilhamos um esquema de avaliação e desempenho para catequistas. Não pretende fazer acusações nem premiar...
Pentecostes-1
Pentecostes ou as línguas de fogo
O livro "Da mão para o coração - 5 minutos de criatividade para a Bíblia" sugere uma atividade para se...
6 dicas Tempo Pascal
Seis ideias para dinamizar o Tempo Pascal

Há diversas formas de convidar a comunidade a celebrar a Páscoa.

Dia do Pai
Dia do pai - celebração familiar
Este dia celebra-se no dia 19 de março, porque é o dia de S.José. Sugerimos esta breve celebração antes...
5 dicas para a Quaresma
5 dicas para dinamizar a Quaresma
Neste artigo, damos-te cinco dicas para dinamizares a Quaresma, envolvendo as crianças e famílias da...
Dramatização do Evangelho
Dramatização do Evangelho
A dramatização é uma das linguagens possíveis para anunciar o Evangelho. No teatro, comunicamos com o...
Como lidar com fracasso catequese
Como lidar com o fracasso na catequese?

Às vezes, as coisas correm mal. Como reagir?

Festa da Gratidão
Festa da Gratidão - Encerramento do ano
Quando termina um ano de atividades, é oportuno que a comunidade se reúna para agradecer. A este momento...