Para avaliar – algumas dicas

Uma boa avaliação nasce de uma boa programação. Por isso, é fundamental regressar ao projecto inicial realizado antes de iniciar o ano catequético.

A primeira avaliação deve ser realizada no interior do próprio grupo, verificando se cada um dos objectivos foi levado à prática e em que medida o foi.
Esta avaliação tem em atenção dois tipos de sujeitos:

1) os catequistas na sua acção evangelizadora e

2) os catequizandos no seu processo de educação para a fé.

Verificar não significa fazer juízos de valor pessoais, mas encontrar os “êxitos” e os “elementos menos bons” para continuar, em actividades e anos sucessivos, o caminho positivo, e melhorar os aspectos considerados menos bons.
Verificando o ponto de partida (situação original no início do ano) em comparação com o momento de chegada, pode-se considerar todo o caminho realizado.

Um outro nível de avaliação do “ano catequético” passa pela análise do grupo de catequistas do contributo da catequese no desenvolvimento do projecto pastoral local e paroquial, atendendo aos objectivos e metas propostos para este sector de evangelização. Neste sentido, o contributo de uma avaliação rigorosa, perspectiva, não só em termos de eficácia o trabalho pastoral conjunto das diversas forças vivas das paróquias e  centros de acção pastoral, mas toda a dinâmica que envolve a Pastoral da Igreja no mundo de hoje.
Da avaliação, podem nascer propostas de mudança importantes a integrar no projecto do ano seguinte.

Quando se fizer a programação, convém não esquecer as indicações e sugestões surgidas na avaliação.

Partilhe

Facebook
WhatsApp

Mais recursos

Todas
Recursos 502
Oração 174
Músicas 0
Técnicas e Dinâmicas 31
Avaliar-me-catequista-crente
Avaliar-me como catequista e como crente!
Partilhamos um esquema de avaliação e desempenho para catequistas. Não pretende fazer acusações nem premiar...
Pentecostes-1
Pentecostes ou as línguas de fogo
O livro "Da mão para o coração - 5 minutos de criatividade para a Bíblia" sugere uma atividade para se...
6 dicas Tempo Pascal
Seis ideias para dinamizar o Tempo Pascal

Há diversas formas de convidar a comunidade a celebrar a Páscoa.

Dia do Pai
Dia do pai - celebração familiar
Este dia celebra-se no dia 19 de março, porque é o dia de S.José. Sugerimos esta breve celebração antes...
5 dicas para a Quaresma
5 dicas para dinamizar a Quaresma
Neste artigo, damos-te cinco dicas para dinamizares a Quaresma, envolvendo as crianças e famílias da...
Dramatização do Evangelho
Dramatização do Evangelho
A dramatização é uma das linguagens possíveis para anunciar o Evangelho. No teatro, comunicamos com o...
Como lidar com fracasso catequese
Como lidar com o fracasso na catequese?

Às vezes, as coisas correm mal. Como reagir?

Festa da Gratidão
Festa da Gratidão - Encerramento do ano
Quando termina um ano de atividades, é oportuno que a comunidade se reúna para agradecer. A este momento...