Para o mês de Maria 18

A relação pais-filhos

Saudação Inicial:

Presidente: Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo.

Assembleia: Ámen.

Presidente:A graça de Jesus Filho de Deus e de Maria esteja sempre connosco.

Assembleia: Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo.

 

Admonição Inicial:

         Uma mãe de família numerosa a quem alguém perguntava como é que ela tinha conseguido repartir o amor entre os seus quinze filhos, respondeu: “Eu não o reparti, multipliquei-o”.

         O amor paterno e materno não é um capital fixo, que se dividiria em tantas partes quantas o número de filhos, sendo o tamanho dessas partes inversamente proporcional a esse número.

         Quanto mais os pais se dão aos seus filhos, mais amor têm para lhes dar. É amando que se aprende a amar. O amor encarna-se em actos concretos. Amar os filhos não se limita a experimentar por eles um caloroso afecto, mas consiste em recebê-los tais como eles são e em dar-lhes, ao longo da vida, aquilo que eles têm necessidade para crescer e viver.

         Deus é a fonte de todo o amor. Através dos filhos que Ele dá, é Ele que torna capazes as pessoas de multiplicar o amor. Mas, para isso, é preciso, também, que as pessoas o deixem actuar, procurando, em tudo, fazer a sua vontade.

         Maria é o modelo claro deste amor na relação entre pais e filhos. Ao iniciarmos, hoje, a oração do terço, peçamos, então a sua intercessão, para que a seu exemplo, todos os pais sejam capazes de se darem totalmente aos seus filhos, numa entrega de amor à imagem do amor divino.

 

Recitação do Terço

Mistérios Gloriosos

 

1º Mistério – Ressurreição de Jesus

 

Jesus operou muitos e grandes milagres durante a sua vida pública, mas o maior de todos foi o da Sua vitória sobre a morte, a Ressurreição ao terceiro dia.

Após o sofrimento e agonia veio a consolação de uma vida nova e ressuscitada. Que através da meditação deste mistério, a coração das nossas famílias se encha de alegria e esperança. Desta forma, estaremos a despertar para uma vida mais comprometida e plena de verdadeira felicidade e amor na relação entre pais e filhos.

 

2º Mistério – Ascensão de Jesus ao Céu

 

Cristo subiu ao Céu com a promessa de nos preparar um lugar junto dele.

Peçamos a Maria para que como ela mantenhamos sempre viva a chama da esperança. Assim, terminada a nossa missão neste mundo, nos juntaremos a Jesus no Céu.

 

3º Mistério – A vinda do Espírito Santo

 

O envio do Espírito Santo aos Apóstolos e a Maria deu-lhes força para cumprir a missão que Jesus lhes tinha confiado e despertar neles capacidades que nem eles imaginavam ter.

Hoje, o Espírito Santo habita no nosso coração e ilumina-nos para melhor conhecermos Deus e a Sua presença nas nossas ocupações diárias. Que as nossas famílias se sintam cada vez mais habitadas e comprometidas com esta presença de Jesus, que todos recebemos como dom absolutamente gratuito.

 

4º Mistério – A Assunção de Nossa Senhora

 

A Santíssima Virgem é elevada ao Céu em corpo e alma e de lá nos anima a exaltar os valores espirituais e desprezar os bens terrenos. Que as nossas famílias aprendam a invocar a Mãe do Céu em cada uma das suas dificuldades, principalmente quando os pais sentem abaladas as suas relações com os filhos, com a certeza da intercessão de Maria junto de Jesus.

 

5º Mistério – A coroação de Maria Santíssima como Rainha do Céu e da terra

 

O “Sim” de Maria a Deus e a uma vida simples e de serviço aos outros é premiada com a honra de ser Rainha do Céu e da Terra. Que o seu exemplo nos guie para sermos cada vez mais famílias comprometidas, que se empenham na transmissão, anúncio e testemunho do Reino de Deus, como Maria.

 

P- Três Ave Marias a Nossa Senhora pedindo a graça de que, no meio da nossa sociedade, muitas vezes tão distante das pessoas, os pais consigam ter para com os seus filhos verdadeiras relações de amor e verdade.

Ave Maria…

P- Salve Rainha…

 

Evangelho (Jo 3, 16-18)

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São João

 

Deus amou tanto o mundo

que entregou o seu Filho Unigénito,

para que todo o homem que acredita n’Ele

não pereça, mas tenha a vida eterna.

Porque Deus não enviou o seu Filho ao mundo

para condenar o mundo,

mas para que o mundo seja salvo por Ele.

Quem não acredita n’Ele já está condenado,

porque não acreditou no nome do Filho Unigénito de Deus.

 

Palavra da salvação.

 

Breve silêncio

 

Preces

P-Irmãos, confiados na oração de Maria, oremos a Deus nosso Pai. Digamos: Santa Maria, rogai por nós.

 

1. Pela Santa Igreja de Cristo, para que cresça nela cada vez mais a devoção a Maria, Mãe da Igreja. Oremos.

 

2. Pelos pobres, doentes e pelos mais necessitados, para que encontrem em Maria consolação e auxílio. Oremos.

 

3. Por todos os pais, para que encontrem na devoção terna e comprometida com Maria o caminho para as relações sãs com os seus filhos. Oremos.

4. Pela nossa comunidade paroquial para que, caminhando com Maria, sinta no seu auxílio e protecção a ajuda para construir a verdadeira família cristã. Oremos.

 

Oração conclusiva

 

P. Senhor, Deus de amor, concedei a todos os pais a capacidade de multiplicarem cada vez mais o amor nas relações com os seus filhos, e à imagem de Maria, dai-lhes um coração disposto a aceitar e a obedecer à vossa vontade. PNSJC.

 

P- O Senhor nos abençoe, nos livre de todo o mal e nos conduza à vida eterna.

A Ámen.

P- Bendigamos ao Senhor.

A- Graças a Deus.

Partilhe

Facebook
WhatsApp

Mais recursos

Todas
Recursos 502
Oração 174
Músicas 0
Técnicas e Dinâmicas 31
Avaliar-me-catequista-crente
Avaliar-me como catequista e como crente!
Partilhamos um esquema de avaliação e desempenho para catequistas. Não pretende fazer acusações nem premiar...
Pentecostes-1
Pentecostes ou as línguas de fogo
O livro "Da mão para o coração - 5 minutos de criatividade para a Bíblia" sugere uma atividade para se...
6 dicas Tempo Pascal
Seis ideias para dinamizar o Tempo Pascal

Há diversas formas de convidar a comunidade a celebrar a Páscoa.

Dia do Pai
Dia do pai - celebração familiar
Este dia celebra-se no dia 19 de março, porque é o dia de S.José. Sugerimos esta breve celebração antes...
5 dicas para a Quaresma
5 dicas para dinamizar a Quaresma
Neste artigo, damos-te cinco dicas para dinamizares a Quaresma, envolvendo as crianças e famílias da...
Dramatização do Evangelho
Dramatização do Evangelho
A dramatização é uma das linguagens possíveis para anunciar o Evangelho. No teatro, comunicamos com o...
Como lidar com fracasso catequese
Como lidar com o fracasso na catequese?

Às vezes, as coisas correm mal. Como reagir?

Festa da Gratidão
Festa da Gratidão - Encerramento do ano
Quando termina um ano de atividades, é oportuno que a comunidade se reúna para agradecer. A este momento...