Lembrar os irmãos que partiram

 Alguns materiais para uma celebração no dia dos defuntos:
Eu sou a ressurreição e a vida, diz o Senhor. Quem acredita em Mim viverá para sempre, mesmo que venha a morrer. E quem vive e acredita em Mim nunca mais morrerá
(João 11, 25-26)

 

 

Deus de toda a vida e Senhor do que vem depois da vida que conhecemos…

vimos ao teu encontro, neste tempo de luto.

Vimos conscientes das nossas limitações.

Vimos ao teu encontro com gratidão.

Vimos ter contigo com as pontas soltas que ainda não conseguimos amarrar.

 

Podemos aqui estar sem grandes certezas

mas sabemos que Tu prometeste não nos rejeitares.

 

Deus de todo o tempo,

costumamos dizer que o tempo tudo cura

mas a cura não acontece sem a nossa concordância.

Se estamos com amargura,

muda-nos com a tua doçura.

Se estamos ainda zangados, com a vida ou contigo,

pacifica-nos com a tua paciência.

Se estamos de coração dorido

suaviza-nos com a tua ternura.

Se estamos atordoados com a tristeza

acalma-nos e pousa a tua mão suava nos nossos ombros.

Se estamos desesperados

dá-nos a tua esperança.

 

Um convite a acender as velas

Antes deste momento de oração começar, os participantes são convidados a escrever o nome do(s) defunto(s) por quem querem rezar numa etiqueta elegante, atada a uma vela.

 

Leitor: Acende uma vela por aqueles que queres recordar.

Acende uma vela numa atitude de esperança.

Acende uma vela como uma oração maior do que as palavras.

Acende uma vela por aqueles que ainda te custa ver partir.

Mas, antes, rezemos…

 

Deus de toda a vida,

desta vida, aqui e agora,

e da vida maior que a morte;

Deus de muitos nomes,

maior que a nossa pouca fé;

Deus que sempre ofereces uma mão a que nos agarrarmos

e um ouvido atento aos nossos gritos…

envia o teu Espírito de amor e consolação

que Ele levante o peso do nosso coração,

que Ele traga luz aos nossos corações abatidos.

Que todos os teus amigos que sofrem encontrem paz

e que aqueles que fazem luto

descubram a tua bênção nos seus dias.

 

Os participantes avançam, pegam na vela e acendem-na no círio. Que cada um faça uma oração pelo defunto cujo nome está escrito na vela.

O coro entoa um canto sereno de esperança.

 

 

Partilhe

Facebook
WhatsApp

Mais recursos

Todas
Recursos 502
Oração 174
Músicas 0
Técnicas e Dinâmicas 31
Avaliar-me-catequista-crente
Avaliar-me como catequista e como crente!
Partilhamos um esquema de avaliação e desempenho para catequistas. Não pretende fazer acusações nem premiar...
Pentecostes-1
Pentecostes ou as línguas de fogo
O livro "Da mão para o coração - 5 minutos de criatividade para a Bíblia" sugere uma atividade para se...
6 dicas Tempo Pascal
Seis ideias para dinamizar o Tempo Pascal

Há diversas formas de convidar a comunidade a celebrar a Páscoa.

Dia do Pai
Dia do pai - celebração familiar
Este dia celebra-se no dia 19 de março, porque é o dia de S.José. Sugerimos esta breve celebração antes...
5 dicas para a Quaresma
5 dicas para dinamizar a Quaresma
Neste artigo, damos-te cinco dicas para dinamizares a Quaresma, envolvendo as crianças e famílias da...
Dramatização do Evangelho
Dramatização do Evangelho
A dramatização é uma das linguagens possíveis para anunciar o Evangelho. No teatro, comunicamos com o...
Como lidar com fracasso catequese
Como lidar com o fracasso na catequese?

Às vezes, as coisas correm mal. Como reagir?

Festa da Gratidão
Festa da Gratidão - Encerramento do ano
Quando termina um ano de atividades, é oportuno que a comunidade se reúna para agradecer. A este momento...