Música catequese 7 – guia 02

Aqui ficam algumas propostas para usar o CD Música para a catequese 7.
Desta vez para a catequese 3: O meu corpo

Braços no ar

Letra e Música: Jorge Castela
Originalmente incluído no CD (A)Braços. Edições Salesianas 2006

Braços no ar
para gritar.
Braços a abrir
para acolher
Braços em cruz
Para dizer
Aqui está Jesus

Dou-Te o braço direito
Para abraçar o irmão
Para lhe dar o que tenho
Para ser a Tua mão

Dou-Te o braço esquerdo
Para puxar o arado
para lançar as redes
do Teu apostolado

Dou-Te a perna direita
para andar o caminho
que Tu andaste, Senhor.
Nunca estarei sozinho.

Dou-Te a perna esquerda
para correr apressado
Falando de Ti, de Deus
Aqui e em todo o lado

Dou-Te a minha boca
Para Te anunciar
Para gritar ao mundo
É tão bonito amar!

Dou-Te o meu coração
Tudo o que sinto e sou
Leva-me onde quiseres
Leva-me, conTigo vou!

Tu me conheces
Mãe d’água
Tu me conheces
Senhor, Tu me perscrutas e me conheces
Conheces quando me sento e me levanto
De longe, conheces os meus pensamentos
Conduzes o meu caminho e o meu descanso
Todos os meus passos Te são familiares
Ainda a palavra me não chegou à boca
E Tu, Senhor, já a conheces toda
Abraças-me por trás e por diante
E cobres-me com Tua mão
Todos os meus passos Te são familiares

Para onde posso ir longe de Ti?
Se quando subo à imensidão
E quando entro no segredo
Estás aí.
Se peço asas ao amanhecer
para ir ao outro lado do mar
na Tua mão

Senhor, eu Te dou graças
por Tuas maravilhas
Pois Tu, Senhor, me formaste
em cada detalhe
Porque me escolheste
gratuitamente
Segues passo a passo
A minha vida
Todos os meus passos Te são familiares

Se eu contar os teus pensamentos
são abundantes, ó Deus
como as estrelas
E quando fico cansado
ainda estou conTigo
Não deixes que me perca
por mau caminho
Todos os meus passos Te são familiares

1 – Pode-se começar cantando “Braços no ar”.
O catequista propõe o Jogo das mãos.
Convida grupo a elaborar uma lista do que se pode fazer com as mãos.
Depois, recorda que as mãos só fazem certos gestos em certas situações.
Um exemplo: Que fazem as tuas mãos quando vês os teus pais ao regressar da escola? Que fazem quando estás a lutar com alguém? E quando tens medo? E quando estás triste? E quando estás contente?
Convidar os participantes a contar/mostrar a sua vivência.
Depois convida a usar as mãos para falar dentro do grupo. Cada um deve procurar um colega.
Sentam-se um frente ao outro, de modo que se possam tocar com as mãos.
Apertam a mão direita e comunicam, sem palavras, estas mensagens:
· Gosto de ti.
· Cuidado.
· Não gosto de ti.
· Tenho medo de ti.
· Estou zangado contigo.
· Sinto-me triste.
· Estou contente por te ver.


2 – Para o anúncio da Palavra pode-se estudar o salmo 139 (138) a partir da canção Tu me conheces.
Entrega uma folha com a letra. O grupo dialoga sobre o significado do texto.
O catequista prepara um espaço livre de obstáculos.
Todos fecham os olhos e serenam a respiração.
Enquanto se escuta a canção, cada um, sempre de olhos fechados, procura exprimir com o sue corpo (posição, movimento…) os sentimentos e as experiências que canta o salmista.
No final, avaliar a experiência feita e tentar chegar a acordo sobre o valor do corpo proposto pela Palavra de Deus.


3 – Conclui-se a catequese com um momento de oração.
Cria-se um ambiente de silêncio e serenidade.
Escuta-se Hebreus 10, 5-7.
Segue-se uma oração litânica.

Leitor – Na minha família…
Todos – Venho, Senhor para fazer a Tua vontade!
Leitor – Na minha escola…
Todos – Venho, Senhor para fazer a Tua vontade!
Leitor – Entre amigos e colegas…
Todos – Venho, Senhor para fazer a Tua vontade!
Leitor – No descanso ou no desporto…
Todos – Venho, Senhor para fazer a Tua vontade!
Leitor – No trabalho ou nos divertimentos…
Todos – Venho, Senhor para fazer a Tua vontade!

Conclui-se cantando (e dançando!) Braços no ar.


4 – A expressão de fé não é só oração. É também atitude renovada daquele que acolheu a Boa Nova de Jesus.
Se um dos objectivos desta catequese é cuidar a qualidade das minhas atitudes, pode-se convidar a escutar “Braços no ar”.
Cada um recebe uma folha com a silhueta de um corpo.
Tendo como fonte inspiradora a canção, cada um deve encontrar a atitude nova que vai assumir com o seu corpo (= a totalidade do seu ser).
Exemplo: Com o meu braço esquerdo vou ser mais simpático com a minha irmã mais velha.

Partilhe

Facebook
WhatsApp

Mais recursos

Todas
Recursos 502
Oração 174
Músicas 0
Técnicas e Dinâmicas 31
Avaliar-me-catequista-crente
Avaliar-me como catequista e como crente!
Partilhamos um esquema de avaliação e desempenho para catequistas. Não pretende fazer acusações nem premiar...
Pentecostes-1
Pentecostes ou as línguas de fogo
O livro "Da mão para o coração - 5 minutos de criatividade para a Bíblia" sugere uma atividade para se...
6 dicas Tempo Pascal
Seis ideias para dinamizar o Tempo Pascal

Há diversas formas de convidar a comunidade a celebrar a Páscoa.

Dia do Pai
Dia do pai - celebração familiar
Este dia celebra-se no dia 19 de março, porque é o dia de S.José. Sugerimos esta breve celebração antes...
5 dicas para a Quaresma
5 dicas para dinamizar a Quaresma
Neste artigo, damos-te cinco dicas para dinamizares a Quaresma, envolvendo as crianças e famílias da...
Dramatização do Evangelho
Dramatização do Evangelho
A dramatização é uma das linguagens possíveis para anunciar o Evangelho. No teatro, comunicamos com o...
Como lidar com fracasso catequese
Como lidar com o fracasso na catequese?

Às vezes, as coisas correm mal. Como reagir?

Festa da Gratidão
Festa da Gratidão - Encerramento do ano
Quando termina um ano de atividades, é oportuno que a comunidade se reúna para agradecer. A este momento...