Para o mês de Maio 22

Maria e a Educação nos dias de hoje

Saudação Inicial:

Presidente: Em nome do Pai e do Filho e do
Espírito Santo.

Assembleia: Ámen.

Presidente: A graça de Jesus Filho de Deus e de Maria esteja sempre
connosco.

Assembleia: Bendito seja Deus que nos reuniu no
amor de Cristo.

 

Admonição Inicial:

        

Maria é a figura da mãe que procura o melhor
para os seus filhos. E neste procurar o melhor está a educação que se deve
transmitir, nomeadamente para a oração. Podemos dizer, com toda a verdade que,
Maria recorda-nos a importância da oração quotidiana, convida-nos a rezar sem
nos cansarmos. E para isso, dá-nos um meio muito simples, verdadeiramente ao
alcance de todos: o terço, que pode ser uma oração de meditação e de adoração,
seguindo os mistérios da vida de Jesus.

         Maria ensina-nos a rezar com humildade.
O seu Magnificat é a oração dos humildes, maravilhados diante do dom de Deus,
porque a humildade não consiste essencialmente em bater no peito, mas em
receber-se a si próprio de Deus.

         À imagem de Maria devemos ensinar os
nossos filhos a examinar a sua consciência 
para pedirem perdão, ensinando-os, também, a discernir as maravilhas que
o Senhor realiza neles e à sua volta.

         Devemos comportar-nos com Maria como um
verdadeiro filho com a melhor das Mães. Devemos imitar Maria, devemos
deixar-nos educar, moldar e conduzir por ela. Assim como uma criança se deixa
conduzir pela sua mãe, coloquemos nós a nossa mão na da Imaculada, pois ela
guiar-nos-á pelos caminhos da verdadeira educação na oração.

 

 

Recitação do Terço

Mistérios Luminosos

 

1º Mistério: O Baptismo de Jesus

 

Sobre cada um de nós,
família cristã, desceu, um dia, o Espírito Santo. Ele é a nossa luz e
fortaleza. Também Ele é a força capaz de iluminar as famílias para poderem
educar bem os seus filhos.

Rezemos, por isso, para que
as famílias vivam segundo o Espírito, fazendo do Evangelho de Cristo a bússola
da sua vida.

 

2º Mistério: O Milagre das Bodas de Cana

 

A cada um de nós, a cada família, a cada pai, a cada mãe
ou a cada filho, Maria diz maternalmente: “Fazei sempre o que Jesus, meu Filho,
vos disser!”

Nesta certeza de que seguindo o conselho de Maria
estaremos a seguir o caminho certo, rezemos para que nas famílias se pratique,
cada vez mais, o mandamento novo do amor, fonte de alegria.

 

 

 

 

3º Mistério: A Proclamação do Reino de Deus e o convite à
conversão

 

A todos nós que formamos a família cristã, Jesus
Cristo convida a mudar de vida. O egoísmo é poluição que impede a casa de ser
habitável, o orgulho é ferida que causa dor em nós próprios e naqueles que nos
rodeiam. Mas nós não queremos ser assim. Queremos antes converter-nos à vida
bela que Jesus pretende que cada um de nós viva.

Rezemos, então, para que todas as famílias estejam
sempre em atitude de conversão.

 

4º Mistério: A Transfiguração de Jesus

 

Cada um de nós deveria poder dizer a
propósito da sua casa: “Como é belo vivermos em amizade, com Jesus no nosso
meio!” foi esta a experiência que viveram os discípulos que acompanharam Jesus
na Transfiguração e deve ser esta também a nossa atitude na vida de todos os
dias.

Oremos, por isso, para que todas as
famílias sejam capazes de abrir as portas a Cristo e lhe dêem um lugar à mesa,
experimentando a beleza e a harmonia da sua presença.

 

5º Mistério: A Instituição da Eucaristia

 

A Eucaristia é a certeza da
presença de Deus, em Jesus vivo e ressuscitado, na nossa vida. E nós, família
cristã, comungamos deste pão que o Senhor nos deixou e que é alimento e
fortaleza.

Rezemos para que todas as
famílias, alimentadas por este pão, sejam construtoras de um mundo mais justo e
mais fraterno.

P- Três Ave Marias a Nossa Senhora para que as
famílias prendam, com o seu exemplo e dedicação a educar bem os seus filhos
indicando-lhes o seguimento de Jesus, verdadeiro caminho, verdade e vida..

Ave
Maria…

P- Salve Rainha…

 

Evangelho (Jo 6, 51-58)

 

Evangelho de Nosso
Senhor Jesus Cristo segundo São João

 

Naquele
tempo,

disse
Jesus à multidão:

«Eu
sou o pão vivo descido do Céu.

Quem
comer deste pão viverá eternamente.

E
o pão que Eu hei-de dar é a minha Carne

pela
vida do mundo».

Os
judeus discutiam entre si:

«Como
pode Ele dar-nos a sua Carne a comer?»

Jesus
disse-lhes:

«Em
verdade, em verdade vos digo:

Se
não comerdes a Carne do Filho do homem

e
não beberdes o seu Sangue,

não
tereis a vida em vós.

Quem
come a minha Carne e bebe o meu Sangue

tem
a vida eterna;

e
Eu o ressuscitarei no último dia.

A
minha Carne é verdadeira comida

e
o meu Sangue é verdadeira bebida.

Quem
come a minha Carne e bebe o meu Sangue

permanece
em mim, e Eu nele.

Assim
como o Pai, que vive, Me enviou, e Eu vivo pelo Pai,

também
aquele que Me come viverá por Mim.

Este
é o pão que desceu do Céu;

não
é como aquele que os vossos pais comeram, e morreram;

quem
comer deste pão viverá eternamente».

 

Palavra
da salvação.

 

Breve silêncio

 

Preces

P- Não cessam os
motivos para glorificar Nossa Senhora. Não terminaram as ocasiões de alegria e
de louvor. Por ser Mãe de Jesus, a Senhora é digna de toda a consolação e de
toda a alegria. Por isso, exultemos dizendo: Alegrai-Vos, ó Virgem Maria.

 

1- A Vós, Mãe de Jesus, Caminho, Verdade e vida
para todas as famílias, na oblação ao Pai, nós aclamamos e dizemos:

 

2- A Vós, Mãe de Jesus, Ressurreição e Vida,
nossa Esperança e penhor da futura glória, nós aclamamos e dizemos:

 

3- A Vós, Mãe de todas as famílias e de todos
os que se preparam para o matrimónio, para que encontrem em Vós exemplo e
modelo na educação dos seus filhos, nós aclamamos e dizemos:

 

4- A Vós, Mãe de Jesus, Salvador e Redentor da
humanidade, fonte de vida e santidade para todas as famílias, nós aclamamos e
dizemos:

 

 

Oração conclusiva

 

P. Alegrai-Vos,
Virgem Maria, Mãe de Jesus Cristo, e nossa mãe e intercedei por todas as
famílias, para que sejam, nos dias de hoje, verdadeiras educadoras para os seus
filhos, dos valores do Evangelho de Vosso Filho Jesus Cristo, que vive e reina
com o Pai na unidade do Espírito Santo. Ámen.

 

P- O Senhor nos abençoe, nos livre de todo o
mal e nos conduza à vida eterna.

A Ámen.

P- Bendigamos ao Senhor.

A- Graças a Deus.

Partilhe

Facebook
WhatsApp

Mais recursos

Todas
Recursos 502
Oração 174
Músicas 0
Técnicas e Dinâmicas 31
Avaliar-me-catequista-crente
Avaliar-me como catequista e como crente!
Partilhamos um esquema de avaliação e desempenho para catequistas. Não pretende fazer acusações nem premiar...
Pentecostes-1
Pentecostes ou as línguas de fogo
O livro "Da mão para o coração - 5 minutos de criatividade para a Bíblia" sugere uma atividade para se...
6 dicas Tempo Pascal
Seis ideias para dinamizar o Tempo Pascal

Há diversas formas de convidar a comunidade a celebrar a Páscoa.

Dia do Pai
Dia do pai - celebração familiar
Este dia celebra-se no dia 19 de março, porque é o dia de S.José. Sugerimos esta breve celebração antes...
5 dicas para a Quaresma
5 dicas para dinamizar a Quaresma
Neste artigo, damos-te cinco dicas para dinamizares a Quaresma, envolvendo as crianças e famílias da...
Dramatização do Evangelho
Dramatização do Evangelho
A dramatização é uma das linguagens possíveis para anunciar o Evangelho. No teatro, comunicamos com o...
Como lidar com fracasso catequese
Como lidar com o fracasso na catequese?

Às vezes, as coisas correm mal. Como reagir?

Festa da Gratidão
Festa da Gratidão - Encerramento do ano
Quando termina um ano de atividades, é oportuno que a comunidade se reúna para agradecer. A este momento...