Para o mês de Maria 12

A proposta para o dia 12 de maio.

Maria, uma mensagem de Jesus vivida na família de Nazaré

 

 

Saudação Inicial:

Presidente: Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo.

Assembleia: Ámen.

Presidente:A graça de Jesus Filho de Deus e de Maria esteja sempre connosco.

Assembleia: Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo.

 

Admonição Inicial:

 

A Família de Nazaré é o modelo perfeito do amor, de união e de paz.

A primeira parte da “Ave-Maria”, tirada das palavras dirigidas a Maria pelo Anjo Gabriel e por Santa Isabel, é a contemplação adoradora do mistério que se realiza na Virgem de Nazaré. Exprimem, por assim dizer, a admiração do céu e da terra, e deixam de certo modo transparecer o encanto do próprio Deus ao contemplar a sua obra-prima: a encarnação do Filho no ventre virginal de Maria.

A contemplação de Cristo tem em Maria o seu modelo insuperável. Realmente, ninguém esteve mais intimamente ligado a Cristo do que a Sua própria Mãe. Desde a gruta de Belém até ao Calvário, Maria teve o olhar sempre dirigido par Cristo. O seu olhar reflectia as palavras que ia guardando no seu coração.

O contemplar de Maria é, antes de mais, um recordar, isto é, actualizar as obras realizadas por Deus na história da Salvação. Os mistérios de Jesus são acontecimentos que não constituem somente um “ontem”; são também o “hoje” da salvação.

Olhemos para Jesus com os olhos de ternura de Maria, para celebrar a fé com o coração e vivermos verdadeiramente unidos como a família de Nazaré.

 

Recitação do Terço

Mistérios Gozosos

 

1º Mistério: Anunciação do Anjo a Nossa Senhora

 

Ave-Maria, eis que vais ter um filho: é Jesus, sou eu, é o meu irmão.

Rezemos com todos aqueles que, sentindo o amor de Maria, se esforçam por estreitar laços de solidariedade com todas as pessoas.

 

2º Mistério: Visitação de Maria a sua prima Santa Isabel

 

“Eis o teu Filho”. Eis o compromisso assumido. Eis o serviço atento e desinteressado.

Rezemos com todos aqueles que, com amor, trabalham em voluntariado, em actividades de serviço aos necessitados.

 

3º Mistério: Nascimento do Menino Jesus em Belém

 

“Eis a tua Mãe!”. A voz de Jesus Cristo continuar a ressoar hoje.

Rezemos com todos os peregrinos que em Fátima e em qualquer parte do mundo invocam o nome da Virgem Mãe e a têm e sentem como Mãe carinhosa.

 

 

 

 

4º Mistério: Apresentação do Menino no Templo

 

Apresenta-se a Deus e é assumido como salvador dos homens.

Rezemos com todos aqueles que buscam caminhos da paz de consciência e se esforçam por, na sua vida concreta, dar testemunho de Jesus Cristo.

 

5º Mistério: Perda e encontro do Menino Jesus no Templo

 

Sempre somos tentados a procurá-l’O na confusão, no barulho. Ele, porém, está comprometido na harmonia do templo, no lugar do encontro e de comunhão.

Rezemos com todos aqueles que procuram ver Jesus nos tristes e marginalizados e O sentem sempre presente como Dom.

 

P- Três Ave Marias a Nossa Senhora aprendendo dela o modo de vivermos em família comprometida.

Ave Maria…

P- Salve Rainha…

 

Evangelho        (Mc 8, 11-13)

 

Leitura do Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Marcos

Naquele tempo,

apareceram alguns fariseus

e começaram a discutir com Jesus.

Para O porem à prova, pediam-Lhe um sinal do céu.

Jesus suspirou do fundo da alma e respondeu-lhes:

«Porque pede esta geração um sinal?

Em verdade vos digo:

não se dará nenhum sinal a esta geração».

Depois deixou-os, voltou a subir para o barco

e foi para a outra margem do lago.

 

Palavra da salvação.

 

Breve silêncio

 

Preces

P- Elevemos ao Pai a nossa prece pelas necessidades da grande família humana, da Igreja e dos nossos lares, dizendo: Abençoai, Senhor, as famílias

 

1. Pela Igreja de Cristo, para que todos nós vivamos unidos no amor e formemos verdadeiramente uma família de crentes na qual ninguém seja estranho, mas todos nos sintamos bem. Oremos irmãos.

 

2. Pelos governantes, para que promovam o autêntico espírito de família na sociedade, e nas suas leis justas reconheçam e amparem os direitos da família. Oremos irmãos.

 

3. Pelas famílias em crise, pelos casais separados, pelos lares desfeitos, para que encontrem a melhor e mais desejável solução dos seus problemas, sem que sofram os membros da família, sobretudo as crianças. Oremos irmãos.

 

4. Pelos lares cristãos, para que, a exemplo da Família de Nazaré, vivam unidos pelo amor e cultivem os valores humanos e cristãos. Oremos irmãos.

 

Oração conclusiva

 

P. Senhor, nosso Deus, vós que confiastes a Maria e José a graça de velar sobre o vosso Filho, alimentando-o, instruindo, cuidando dele. Fazei que todos nós aprendamos a contemplar-nos uns aos outros, sentindo-nos filhos dum mesmo Pai, membros da mesma família. Por Jesus Cristo Nosso Senhor, na unidade do Espírito Santo.

 

P- O Senhor nos abençoe, nos livre de todo o mal e nos conduza à vida eterna.

A Ámen.

P- Bendigamos ao Senhor.

A- Graças a Deus.

Partilhe

Facebook
WhatsApp

Mais recursos

Todas
Recursos 502
Oração 174
Músicas 0
Técnicas e Dinâmicas 31
Avaliar-me-catequista-crente
Avaliar-me como catequista e como crente!
Partilhamos um esquema de avaliação e desempenho para catequistas. Não pretende fazer acusações nem premiar...
Pentecostes-1
Pentecostes ou as línguas de fogo
O livro "Da mão para o coração - 5 minutos de criatividade para a Bíblia" sugere uma atividade para se...
6 dicas Tempo Pascal
Seis ideias para dinamizar o Tempo Pascal

Há diversas formas de convidar a comunidade a celebrar a Páscoa.

Dia do Pai
Dia do pai - celebração familiar
Este dia celebra-se no dia 19 de março, porque é o dia de S.José. Sugerimos esta breve celebração antes...
5 dicas para a Quaresma
5 dicas para dinamizar a Quaresma
Neste artigo, damos-te cinco dicas para dinamizares a Quaresma, envolvendo as crianças e famílias da...
Dramatização do Evangelho
Dramatização do Evangelho
A dramatização é uma das linguagens possíveis para anunciar o Evangelho. No teatro, comunicamos com o...
Como lidar com fracasso catequese
Como lidar com o fracasso na catequese?

Às vezes, as coisas correm mal. Como reagir?

Festa da Gratidão
Festa da Gratidão - Encerramento do ano
Quando termina um ano de atividades, é oportuno que a comunidade se reúna para agradecer. A este momento...