Para o mês de Maria 4

Para o dia da mãe

4 de Maio – domingo (Dia da Mãe)

Vida Maternal de Maria: uma Vida Ascendente

 

Saudação Inicial:

Presidente: Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo.

Assembleia: Ámen.

Presidente:A graça de Jesus Filho de Deus e de Maria esteja sempre connosco.

Assembleia: Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo.

 

 

Introdução Inicial

 

“Faça-se em mim segundo a tua palavra.” – Eis o “Sim” de Maria, que se apresenta como a serva do Senhor aquando da Anunciação do Anjo Gabriel. Com estas palavras acolhe em si o Verbo de Deus, conferindo-lhe natureza humana, amando-O e servindo-O incondicionalmente desde o primeiro momento. Maria assume assim a missão para a qual foi eleita entre todas as mulheres: ser a Mãe de Deus. Pela graça da maternidade divina marca o Seu lugar na História da Salvação como Aquela que permite a passagem da antiga para a nova aliança.

No entanto, esta maternidade trouxe-Lhe também um grande sofrimento. Uma espada trespassou a Sua alma, ao ver o Seu Filho ser condenado e morto.

Mas, é aos pés da cruz que Maria realiza a sua vida maternal em plenitude, tornando-Se também Mãe dos homens. “Mulher, eis o Teu filho” – É com estas palavras, as últimas ditas antes de morrer, que Jesus nos deixa um precioso testemunho: Maria, Sua Mãe, e a partir dali, nossa mãe também. A Sua maternidade não se fecha nem se resume em Cristo; Maria é Mãe de todos os homens, de todas as gerações! O Seu incomparável amor de mãe não se realiza nem se esgota apenas em Jesus, mas prolonga-se e vive em cada um de nós. Maria é a eterna mãe que continua a estar ao lado de cada filho, em todos os momentos das nossas vidas, tal como fez com Cristo.

Hoje, Dia da Mãe, não podemos deixar de olhar para a Virgem Santíssima como o exemplo para todas mães. Ela que viveu em plenitude o dom da maternidade, dando-Se sem reservas ao Filho, seja guia, amparo e consolo de todas as mães que sofrem. Que hoje as mães se alegrem em seus filhos, tal como Maria sentiu e sente a alegria de ser a Mãe de Deus e a Mãe de cada um de nós.

 

Recitação do Terço

Mistérios Gloriosos

 

1º Mistério: A ressurreição de Jesus

 

Eis que a dor e o luto se transformam em alegria e vida nova! O túmulo vazio é o sinal de uma felicidade sem ocaso que a Ressurreição de Cristo a todos oferece!

Todavia, Aquela que viveu todos estes acontecimentos mais intensamente, ficando agora mergulhada numa alegria plena, foi Maria, Mãe de Jesus.

Contemplemos neste mistério a alegria da Mãe do Altíssimo e deixemo-nos contagiar por ela. Que as nossas famílias se deixem glorificar pelo mistério pascal de Jesus Cristo e que à semelhança de Maria, junto à cruz, se comprometam a fazer da vida um dom ao serviço de cada irmão.

 

2º Mistério: A Ascensão de Jesus ao Céu

 

Depois da Ressurreição Jesus despediu-se dos Seus discípulos e subiu para os Céus. No entanto, na hora de partir deixa uma certeza: “Estarei sempre convosco”.

Que neste domingo em que a Igreja celebra precisamente a Ascenção de Jesus, estas palavras deixem no coração das nossas famílias um rasto de esperança e alegria, enchendo-nos de coragem e ousadia para seguirmos comprometidos com Cristo, na fé e na caridade.  

 

3º Mistério: Descida do Espírito Santo sobre Nossa senhora e os Apóstolos

 

Pelo Pentecostes toda a Igreja é convocada para a sua missão evangelizadora; todos os discípulos de Cristo são enviados a anunciá-Lo sem reservas. Também aqui Maria, Mãe da Igreja, está presente, pronta para trilhar o caminho do anúncio ao lado de cada filho.

Que cada um de nós tenha como exemplo a Virgem de Nazaré, peregrina de fé, e parta sem medo, anunciando a Boa Nova. Como Mãe de Jesus acompanhou-o até à morte; como nossa mãe acompanhar-nos-á sempre, a nós e às nossas famílias, nos caminhos de Jesus e para Jesus.

 

4º Mistério: A Assunção de Nossa Senhora

 

Desde o momento da sua concepção virginal Maria torna-se verdadeiro sacrário e está intimamente ligada a Deus. Ao ser escolhida para conceber e dar à luz Jesus Cristo, Filho unigénito de Deus, estabelece uma relação de profunda intimidade e vínculo total com o Filho e com o Pai. Maria está intrinsecamente ligada ao diálogo entre Deus e o Homem, pois é em Jesus Cristo que encontramos a plenitude da revelação de Deus.

Neste mistério contemplemos a Assunção de Nossa Senhora, que sobe ao Céu para junto d’ Aquele que a elegeu para Sua Mãe e depositemos Nela toda a nossa esperança.

 

5º Mistério: A Coroação de Nossa Senhora como Rainha dos Anjos e dos Santos

 

Maria, revestida pela luz do sol da maternidade divina, resplandece agora, coroada de glória, como Rainha dos Anjos e dos Santos. Enquanto vivemos na terra procuremos contemplar a atitude exemplar de Nossa Senhora. Vivamos como Ela, constantes na caridade, numa atitude de doação ao próximo e de obediência a Deus, para que um dia, também nós, possamos tomar parte da glória do Pai.

 

P- Rezemos Três Ave Marias a Nossa Senhora para que cada vez mais,  à luz do dom da sua maternidade, nos sintamos chamados a viver comprometidos com Cristo.

Ave Maria…

P- Salve Rainha…

 

Evangelho (Mt  28,  16-20)

 

Conclusão do santo Evangelho segundo São Mateus

 

Naquele tempo,

Os onze discípulos partiram para a Galileia,

em direcção ao monte que Jesus lhes indicara.

Quando O viram, adoraram-n’O;

mas alguns ainda duvidaram.

Jesus aproximou-Se e disse-lhes:

«Todo o poder Me foi dado no Céu e na terra.

Ide e ensinai todas as nações,

baptizando-as em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo,

ensinando-as a cumprir tudo o que vos mandei.

Eu estou sempre convosco até ao fim dos tempos».

 

Palavra da salvação.

Breve silêncio

 

Preces

 

P-Oremos à Virgem cheia de graça, Mãe de Deus e nossa Mãe, para que nela encontremos sempre a fecundidade do amor, onde o dom da vida se descobre e se torna fonte inesgotável de perdão e alegria, e peçamos-lhe com confiança:


Maria, Mãe da Vida, ouvi-nos!

 

1. Por todas as mães do mundo, para que encontrem em Ti o modelo do amor perfeito e total a cada filho, oremos

 

2. Por todos os filhos que perderam suas mães, que iluminados pela Tua luz e guiados pela Tua mão materna, sigam até Cristo, fonte de amor e vida eterna, oremos

 

3. Por todos nós, filhos Teus, pedimos-Te Maria que nos ensines a contemplar Jesus com os Teus olhos de Mãe, e que em Ti encontremos o exemplo mais sublime do compromisso que Cristo espera de nós, oremos

 

4. Para que o nosso coração se encha do brilho do Teu terno olhar e se aconchegue no Teu doce colo de mãe, defendendo e anunciando a vida como o maior dom, oremos

 

Oração conclusiva

 

P. Senhor Deus de bondade, que em Maria nos dais uma mãe atenta e misericordiosa, plenamente fiel à Vossa vontade, fazei que, a exemplo d’Ela, sejamos discípulos comprometidos do Vosso Filho e verdadeiras testemunhas de Vida. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo. Amem. 

 

Bênção Final:

P- O Senhor nos abençoe, nos livre de todo o mal e nos conduza à vida eterna.

A Ámen.

P- Bendigamos ao Senhor.

A- Graças a Deus.

Partilhe

Facebook
WhatsApp

Mais recursos

Todas
Recursos 502
Oração 174
Músicas 0
Técnicas e Dinâmicas 31
Avaliar-me-catequista-crente
Avaliar-me como catequista e como crente!
Partilhamos um esquema de avaliação e desempenho para catequistas. Não pretende fazer acusações nem premiar...
Pentecostes-1
Pentecostes ou as línguas de fogo
O livro "Da mão para o coração - 5 minutos de criatividade para a Bíblia" sugere uma atividade para se...
6 dicas Tempo Pascal
Seis ideias para dinamizar o Tempo Pascal

Há diversas formas de convidar a comunidade a celebrar a Páscoa.

Dia do Pai
Dia do pai - celebração familiar
Este dia celebra-se no dia 19 de março, porque é o dia de S.José. Sugerimos esta breve celebração antes...
5 dicas para a Quaresma
5 dicas para dinamizar a Quaresma
Neste artigo, damos-te cinco dicas para dinamizares a Quaresma, envolvendo as crianças e famílias da...
Dramatização do Evangelho
Dramatização do Evangelho
A dramatização é uma das linguagens possíveis para anunciar o Evangelho. No teatro, comunicamos com o...
Como lidar com fracasso catequese
Como lidar com o fracasso na catequese?

Às vezes, as coisas correm mal. Como reagir?

Festa da Gratidão
Festa da Gratidão - Encerramento do ano
Quando termina um ano de atividades, é oportuno que a comunidade se reúna para agradecer. A este momento...