E-vangelizar 2014 – “Ir + longe”

As Edições Salesianas e a Fundação Salesianos organizam a formação E-vangelizar.

Este evento de formação dirige-se a agentes da pastoral que procuram melhorar as suas competências de anúncio do Evangelho.

 

 

Com a duração de 1 dia, o E-vangelizar aposta na oferta de cerca de 30 workshops em diferentes áreas, dos quais o participante pode frequentar o máximo de 5. De forma dinâmica e autónoma, o participante estabelece, a partir das propostas e dos seus interesses, o seu “curriculum” formativo.

Numa festa salesiana e música é presença obrigatória e, por isso, o horário prevê, também, momentos musicais.

Este ano, as entidades organizadoras avançam com a realização de três edições em locais e datas diferentes. A primeira terá lugar no norte interior do país, em Mirandela, a 20 de Setembro. A segunda edição será a 4 de Outubro, no Porto, que no E-vangelizar 2012 reuniu 500 participantes. O Estoril, a 11 de Outubro receberá a terceira edição.

O lema escolhido pelas entidades organizadores é “Ir mais longe”, frase que se inspira nos apelos que o Papa Francisco tem feito desde o início do seu pontificado para que os cristãos saiam da sua zona de conforto e procurem levar a alegria de Cristo junto daqueles que ainda não o conhecem ou que porventura O conhecem mal.

O E-vangelizar deriva dos eventos “GPS” e “Forma[c]ação”, acções de formação que as Edições Salesianas promoveram entre 2007 e 2009 para lançar e promover o itinerário de formação para grupos de jovens, “GPS”.

 

Partilhe

Facebook
WhatsApp

Relacionados

Ligados ao Evangelho - #Evangelizar2018
As Edições Salesianas e a Fundação Salesianos organizaram a X edição do E-vangelizar. Um mega evento...
Fazer catequese com adolescentes: inscrições esgotadas
As inscrições para o workshop Fazer catequese com adolescentes esgotaram.
Adolescentes: psicologia e metodologia
O Pe. Rui Alberto vai estar com os catequistas da vigararia de Gondomar a estudar os nossos adolescentes.
Aprender a perdoar: formação aos educadores em Manique
Pode o perdão trazer mais qualidade a uma escola? Rui Alberto e Sofia Fonseca dizem que sim.

Últimas

Pesquisa